2008
2007
2006
2005
2004
2003
2002
2001
2000
1999
1998
1997
Para uma busca mais rápida e precisa selecione os botões abaixo
Você está na Edição Nº 01 de 1997 - Ano XV VAI PARA
Revista do Tribunal de Contas  
do Estado de Minas Gerais  
MANIFESTAÇÕES DOS SENHORES CONSELHEIROS, PELA APOSENTADORIA DO SENHOR AUDITOR CLÁUDIO DE SALLES OLIVEIRA


Notas Taquigráficas

Tribunal Pleno - Sessão do dia 04/12/96

Conselheiro Murta Lages:

Senhor Presidente, peço a palavra para dizer que o Minas Gerais de hoje registra o ato de aposentadoria do Dr. Cláudio de Salles Oliveira, Auditor deste Tribunal.

Ao fazer esse registro, quero manifestar o profundo apreço que tenho por Sua Excelência, que conheço desde menino, jovem mas não tão menino, e que se transformou em amizade ao longo de todo esse tempo.

Sua Excelência prestou inegáveis serviços a esta Casa e agora, quando se recolhe ao merecido ocium cum dignitate, merece que aqui registremos os nossos mais profundos agradecimentos pelos serviços prestados, pela dedicação e pelo interesse sempre manifestado pela vida e pelas coisas deste Tribunal.

Conselheiro Maurício Aleixo:

Gostaria de aduzir também, Senhor Presidente, o fato de que, além de conhecer a dedicação, o empenho do ilustre Auditor que agora se aposenta, ligam-me a ele laços de amizade que têm raízes muito próximas de mim, uma vez que ele trabalhou no escritório do meu pai e ali pôde também evidenciar as mesmas qualidades de cultura, conhecimento, dedicação e responsabilidade. É lamentável que o Dr. Cláudio se aposente quando ainda teria alguns anos para prestar a sua colaboração ao Tribunal de Contas e aos interesses superiores de nossa coletividade.

Mas sabe o ilustre Auditor das razões pessoais que o levam a essa atitude. No entanto, não poderia, neste momento, deixar, como fez o Conselheiro Murta Lages, de registrar o meu apreço, meu agradecimento pelo trabalho e pela dedicação à causa pública.

Conselheiro Sylo Costa:

Quero solidarizar-me com as manifestações de apreço ao ilustre Auditor e acrescentar que também sou um admirador e amigo de Sua Excelência, amigo de família e não lamento a aposentadoria dele, como o ilustre Conselheiro Maurício Aleixo. Acho que é um repouso merecido, prestou os mais relevantes serviços ao Estado, engrandeceu sobremaneira a Instituição em que passou praticamente a sua vida toda, trabalhando...

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

Trabalhou durante quarenta anos.

Conselheiro Sylo Costa:

Então, eu quero é cumprimentar Sua Excelência e lamentar, aí sim, agora sim, pelo fato de não ter podido conviver com ele aqui, por mais tempo.

Desde que aqui cheguei, ele já estava se preparando para se aposentar e, por isso, não tive o privilégio de ter um convívio mais amiúde com ele.

Mas quero desejar a Sua Excelência felicidades perenes para ele, para a família dele, e dizer que, mesmo sendo dos mais novos aqui na Casa, tenho certeza de que esta será sempre a sua segunda Casa, porque aqui ele só deixa amigos, só deixa admiradores, e nós continuaremos considerando-o como nosso colega de serviço.

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

Com a palavra o Conselheiro Fued Dib.

Conselheiro Fued Dib:

Apenas quero registrar que faço minhas as palavras daqueles que me precederam.

Sou um amigo leal, um admirador do Auditor Cláudio de Salles. Desejo toda felicidade para ele.

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

Com a palavra o Conselheiro Luiz Baccarini.

Conselheiro Luiz Baccarini:

Quero deixar registrada minha amizade e admiração. O Auditor estava sempre pronto, sempre disposto ao entendimento, a uma conversa. Soube, sem dúvida alguma, enobrecer a grande missão de Auditor neste Tribunal.

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

Com a palavra a Doutora Procuradora.

Procuradora Neila do Carmo Fanuchi:

Gostaria de apresentar a adesão especial do Ministério Público e desejar ao Dr. Cláudio que aproveite bem o período dele agora, aposentado.

Muito obrigada.

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

Com a palavra o Conselheiro José Ferraz.

Conselheiro José Ferraz:

Depois de ouvir tantos elogios à pessoa do ilustre Auditor Cláudio de Salles, não tenho muita coisa a acrescentar, apenas me associar às palavras dos nossos colegas Conselheiros.

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

Com a palavra o Auditor Edson Arger.

Auditor Edson Arger:

Senhor Presidente, na qualidade de Coordenador da Auditoria, desejo primeiramente agradecer a carinhosa, correta e derramada manifestação do Conselheiro Vice-Presidente desta Casa, Dr. João Bosco Murta Lages, que registrou a assinatura, pelo Sr. Governador do Estado, do ato de aposentação do Dr. Cláudio de Salles Oliveira que, como nosso colega, no convívio aqui de vários anos, exerceu neste Plenário, em outro Tribunal, em outro espaço físico, mas com a mesma probidade, com a mesma dedicação, com o mesmo interesse e, sobretudo, com profunda competência, as suas elevadas funções de Auditor desta Casa e de Conselheiro substituto.

Portanto, o agradecimento da Auditoria pelo registro de iniciativa do Conselheiro João Bosco Murta Lages, acompanhado por todos os demais Conselheiros. E que o Dr. Cláudio de Salles Oliveira, nesta nova etapa de sua vida, seja extremamente feliz e que tenha em mente que aqui no Tribunal de Contas, no âmbito dos Auditores desta Casa, deixou uma presença marcante pela sua luminosidade, inteligência e pela sua profunda integridade pessoal.

Obrigado.

Conselheiro Presidente Moura e Castro:

A presidência agradece a todos e se associa às diversas manifestações de apreço. Mandará registrar em ata e fará chegar às mãos do Dr. Cláudio de Salles todas as manifestações.